O parlamentar mais afinado com os trabalhadores é o senador Paulo Paim (PT-RS). Por essa razão, ele foi o convidado especial segunda (9) na live do Fórum Sindical dos Trabalhadores. Durante a conversa com o coordenador do FST, professor Oswaldo Augusto de Barros, Paim reafirmou sua posição de defesa dos empregos, renda e do fortalecimento sindical.

Para o senador, o Congresso Nacional também deve atuar mais em conjunto com entidades representativas do povo brasileiro, principalmente da classe trabalhadora. “Precisamos caminhar juntos no que chamo de Grande Frente Ampla pelo Brasil, que aproxime movimento sindical e outras entidades da sociedade”, afirma o parlamentar.

O professor Oswaldo Augusto de Barros diz: “Ele é bem recebido em todas as correntes políticas. E nos ajudará no contato contato com frentes parlamentares pra que o trabalhador seja visto como o produtor da riqueza, não um coadjuvante”.

Para Paulo Paim, ao contrário do que o governo pratica, a geração de empregos e aumento da renda devem ser pontos principais para o crescimento da economia. “Quando mais gente trabalha e produz, mais consumem e ativam o mercado”, observa.

Custeio – O senador defende o custeio pra fortalecer as entidades e também o diálogo com as lideranças políticas. “Joe Biden gravou um vídeo dizendo que os Sindicatos ajudam na construção de um País e formação de seu mercado interno. Precisamos de governantes que queiram governar pra todos”, exemplifica.

Na avaliação do professor Oswaldo, o senador gaúcho representa o movimento sindical dentro do Congresso. “É um trabalhador, desde os oito anos de idade. Com Carteira assinada, desde os 12. Paim é um exemplo e um amigo”, ressalta.

Live – Perdeu a live? Fique tranquilo. Ela será retransmitida nesta quarta (11) nas redes do Fórum Sindical e da Cnteec, a partir das 19 horas.

Acesse – Página do FST.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui