O presidente do Sindicato dos Engenheiros no Estado de São Paulo (Seesp), Murilo Pinheiro, publicou artigo em que defende que o 1º de Maio deve focar no que é prioritário para a classe trabalhadora. Segundo o dirigente, a pauta precisa ser por melhoria das condições de vida da população e a retomada do desenvolvimento.

“A celebração da mais importante data para o movimento sindical dialoga clara e diretamente com a Conferência Nacional da Classe Trabalhadora (Conclat), realizada em 7 de abril, marco inaugural do empenho renovado por mudanças urgentes e fundamentais no País”, explica o dirigente.

Para ele, as iniciativas representam a entrada em campo dos trabalhadores para apontar as demandas urgentes da população. “A mensagem que se pretende transmitir é a necessidade de buscar soluções para as mazelas que penalizam de forma cruel os mais pobres”, afirma Murilo.

De acordo com o presidente dos Engenheiros de SP, a proposta da Pauta Unitária da Classe Trabalhadora é a retomada do desenvolvimento nacional. “Numa perspectiva de preservação ambiental, distribuição de renda e proteção social”, ressalta.

Pacto – Murilo Pinheiro avalia que seja necessário um pacto nacional pra abandonar a situação infeliz que o País se encontra e trabalhar pra melhorar a vida de todos, com prosperidade, dignidade e paz. “Que o 1º de Maio seja um marco do reencontro com essa vereda. Lutemos juntos por um País melhor”, conclui.

MAIS – Acesse o site dos Engenheiros de SP.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui