8.9 C
São Paulo
sexta-feira, 20/05/2022

UGT realiza curso de formação com ênfase na comunicação para dirigentes

A União Geral dos Trabalhadores (UGT) realizou, dias 11 e 12, o 3º Módulo do Curso de Formação Político-Sindical. Com o tema “A Comunicação como instrumento para Sindicalizar e Reforçar o Poder dos Trabalhadores”, o curso reuniu dirigentes de diversas regiões do País.

Na abertura da atividade, Ricardo Patah, presidente da Central, falou sobre a necessidade do investimento que os sindicatos devem fazer para fortalecer e aprimorar a comunicação com o trabalhador, no sentido de formar e informar sobre os inúmeros ataques e ameaças que o governo e os empresários estão fazendo aos direitos e conquistas trabalhistas.

Chiquinho Pereira, presidente do Sindicato dos Padeiros de São Paulo e responsável pela Secretaria de Organização, Formação e Políticas Sindicais, ressaltou a importância da discussão. Segundo Chiquinho, o sindicalismo precisa se capacitar para conscientizar os trabalhadores sobre as ofensivas desse governo.

“A Medida Provisória 905, por exemplo, engloba, entre outros aspectos vitais aos trabalhadores, a permissão irrestrita do trabalho aos domingos e feriados; a contribuição previdenciária do seguro-desemprego; o enfraquecimento da fiscalização do trabalho; e a retirada do Sindicato da negociação de PLR. Ou seja, estamos caminhando para uma verdadeira escravidão moderna”, afirmou ele.

Também prestigiaram a abertura do curso Canindé Pegado, secretário-geral da UGT; José Moacyr, secretário de Finanças; e Natal Léo, secretário Adjunto da Previdência e Seguridade Social, Aposentados, Pensionistas e Idosos da Central.

Notícias

Matérias Relacionadas

Fale com a Agência Sindical