O Sindicato dos Trabalhadores na Construção Civil de SP (Sintracon) está realizando ação que visa a boa alimentação dos empregados no setor. É a Padaria na Obra, que oferece pão fresquinho, frios, frutas e café de qualidade nos canteiros.

Segundo informa o Sintracon, esse projeto foi criado após vários relatos de trabalhadores que não tomavam café da manhã no local de trabalho por causa da qualidade do que era oferecido.

O Sindicato afirma que a falta de alimentação é extremamente perigosa, pois diversos acidentes de trabalho já aconteceram em casos de empregados que não se alimentaram antes de iniciar sua jornada laboral.

O presidente da entidade, Antonio de Sousa Ramalho, explica que a Padaria na Obra está sendo negociada diretamente com as empresas. “Sem nenhum custo a mais, o trabalhador tem o pão quentinho, com frios, tudo fresquinho. Tudo isso para motivar a categoria”, conta o dirigente.

“São 102 canteiros de obras. E a coisa mais positiva é que o número de acidentes é zero. Isso mostra que de cada 10 acidentes, que aconteciam entre 10 e 11 horas da manhã, oito eram por falta de alimentação”, explica Ramalho.

Convenção – A preocupação com a alimentação do trabalhador é uma marca do Sintracon. Na Convenção Coletiva assinada com o patronal Sinduscon, além da garantia do tíquete-refeição, há ainda o lanche da tarde e o vale supermercado.

No caso do vale-refeição, os empregados devem receber um tíquete diário para almoço e, caso estejam alojados na obra, outro para o jantar. Já no caso do vale supermercado, o funcionário da construtora deve receber um valor fixo mínimo de R$ 348,00 para custear as compras da família.

Ramalho conta: “É importante que o trabalhador esteja bem alimentado na obra. Mas nesse momento de crise em que vivemos, é de grande importância também que sua família esteja bem alimentada. Por isso, está garantido em nossa Convenção Coletiva o vale-supermercado”.

MAIS – Acesse o site do Sintracon-SP.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui