Os Sindicatos que representam os trabalhadores da Lactalis do Brasil realizarão protesto contra as práticas antissindicais e antitrabalhistas da empresa, dia 13. A data escolhida faz menção ao aniversário da Abolição da Escravatura, e alerta sobre o péssimo comportamento da multinacional francesa com os trabalhadores brasileiros.

“A Lactalis quer impor suas vontades no País, ignorando as negociações com as representações dos empregados. Lembra muito bem os senhores de escravos do passado, só falta o chicote”, aponta o presidente da CNTA Afins (Confederação Nacional dos Trabalhadores nas Indústrias da Alimentação), Artur Bueno de Camargo.

Todas as entidades sindicais da alimentação estão sendo convocadas a participar. “A postura da Lactalis é uma afronta e tememos que este mau exemplo seja adotado por outras empresas, em outros setores. Enquanto não entenderem que o trabalhador brasileiro tem direitos, não vamos baixar a guarda. E para isso, precisamos do apoio de todos”, declara Artur.

Além da CNTA Afins, participam da organização do protesto a Fetiasp, Contac-CUT e Uita. Os participantes devem levar faixas, banners e cartazes de protesto com o nome da entidade que representam.

Delitos – Em 2021, a Lactalis reajustou o salário com apenas 80% da inflação acumulada. O valor foi pago sem acordo com a representação dos trabalhadores, que exige a reposição integral das perdas inflacionárias. Além disso, por meio de práticas antissindicais, a empresa passou a atacar os dirigentes.

Artur Bueno de Camargo alerta: “Tememos que a empresa queira adotar esta prática sempre, daqui pra a frente, produzindo efeitos avassaladores nos salários e direitos dos empregados. Não podemos permitir que isto prevaleça. Esta luta é de todas as entidades que representam os trabalhadores”.

MAIS – Acesse o site da CNTA Afins.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui