Entra na etapa final negociação no ensino superior

0
255
Reunião de negociação foi realizada quarta por videoconferência

Entra na reta final a Campanha Salarial dos trabalhadores em instituições privadas do ensino superior. Quarta,23, na última rodada de negociações, a representação dos trabalhadores cobrou das mantenedoras uma definição sobre as cláusulas financeiras do acordo bianual.

Segundo Celso Napolitano, presidente da Federação dos Professores do Estado de SP (Fepesp), foi um longo caminho para a construção das propostas. “Todos sofremos com as agruras da pandemia. Tivemos que se nos adaptar com o trabalho remoto. As instituições demitiram e insistimos em uma compensação para os que efetivamente trabalharam neste ano”, afirma.

Direitos – As cláusulas sociais já foram acordadas e todos os direitos estão mantidos por dois anos. “Isso garante direitos importantes como garantia semestral de salários, bolsas de estudos para dependentes dos trabalhadores, garantias ao trabalhador em vias de aposentadoria”, explica Celso Napolitano.

O dirigente afirma que a Federação vai cobrar o cumprimento de todos itens da Convenção Coletiva. “Não podemos compreender um acordo em que a instituição decida qual cláusula respeitar. Havendo acordo, todas devem ser respeitadas igualmente”, ele reforça.

Agenda – Na próxima terça (30), haverá nova reunião. Os sindicalistas aguardam a resposta do setor patronal.

Mais – Acesse o site da Fepesp.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui