Após impor dificuldades e alegar agenda lotada, o presidente da Câmara, Arthur Lira, recebeu hoje (19) a Pauta Unitária da Classe Trabalhadora, aprovada na Conclat, em 7 de abril. Quem fez a entrega do documento foi o presidente da Força Sindical, Miguel Torres. A reunião foi agendada pelo deputado Paulinho da Força.

Durante o encontro, o líder forcista apresentou as preocupações dos trabalhadores quanto ao desenvolvimento do País. “São propostas viáveis e sustentáveis, que também servem para orientação à classe trabalhadora”, explica Miguel.

Conteúdo – A Pauta Unitária orienta o plano de lutas em defesa de mudanças urgentes e necessárias ao Brasil. A política de valorização do salário mínimo, programa de geração de emprego e renda, combate à carestia, erradicação da fome, recuperação do poder de compra para aposentados e pensionistas, revisão da política de juros, promoção da saúde e segurança do trabalhador, dentre outras, são algumas das prioridades que constam no documento.

“Falamos que o movimento sindical tem propostas viáveis para o crescimento econômico, a geração de empregos e renda, além de melhorias de vida pra toda a população”, ressalta Miguel Torres.

Dificuldade – No dia 12 de maio, a Agência Sindical divulgou a dificuldade das Centrais em marcar uma reunião com Arthur Lira. À época, o vice-presidente da Força, Sérgio Luiz Leite (Serginho), questionou se o parlamentar estaria aguardando uma autorização do presidente Jair Bolsonaro para se reunir com sindicalistas. Apesar disso, a insistência deu certo e o deputado recebeu o documento.

MAIS – Site da Força Sindical.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui