Foi lançado nesta segunda, 1º de fevereiro, a edição de número 539 do Jornal do Engenheiro, importante e histórica publicação do Sindicato da categoria no Estado de SP (Seesp). De maneira online, a peça trata, dentre outros assuntos, do fechamento das fábricas da Ford no Brasil e do enfrentamento à pandemia da Covid-19 com racionalidade.

A matéria principal do jornal, “Crônica da desindustrialização anunciada” fala do processo, da aceleração e das consequências para o País com a política de enfraquecer a indústria brasileira, tendo como principal expoente a Ford. Doutor em Economia, Paulo Kliass foi entrevistado para a reportagem.

Tecnologia – O Jornal do Engenheiro aborda a tecnologia da internet 5G e o que essa modalidade representa em questão de avanços. De acordo com a repórter Deborah Moreira, a concessão a redes de telecomunicações pelo prazo de 20 anos estão previstas para o primeiro semestre deste ano.

“O 5G garante velocidade pelo menos 20 vezes maior que a atual (4G). Permitirá desenvolvimento de cidades inteligentes, onde tudo estará conectado à internet. No campo, lavouras, rebanhos, máquinas e equipamentos estarão conectados, gerando maior eficiência na produção agrícola”, explica.

Pandemia – Em editorial, o presidente do Sindicato dos Engenheiros, Murilo Pinheiro afirma que o Brasil enfrenta, além da pandemia, uma das piores crises econômicas da história. “A tarefa é hercúlea, mas pode ser cumprida se houver compromisso sério com o interesse público por parte de quem toma as decisões”, avalia.

Para Murilo, o desenvolvimento de vacinas seguras e eficazes em tempo recorde é fato a ser comemorado. “Graças ao investimento maciço nas pesquisas. O obstáculo a ser superado agora é garantir a produção e distribuição de bilhões de doses para efetivar a imunização”, explica.

Leia – Clique aqui e leia o Jornal do Engenheiro deste mês.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui