Os enfermeiros e demais profissionais da categoria realizam no dia 17 a segunda Marcha pela Aprovação do Projeto de Lei 2.564/2020, que prevê o Piso Salarial da categoria. A mobilização ocorre em Brasília.

Os trabalhadores estão na luta desde o ano passado para que o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), coloque o PL da enfermagem em votação. Segundo o autor do Projeto, senador Fabiano Contarato (Rede-ES), o apoio na Casa já é grande e caso seja votado, será aprovado.

Dirigente da CSP-Conlutas, Rosália Fernandes afirma que os enfermeiros buscam o Piso Salarial e a jornada estabelecida em lei há quase 30 anos e que, após a pandemia da Covid-19, essa matéria precisa ser votada o quanto antes.

“Trabalhadores da enfermagem estão na linha de frente pra salvar vidas diante de um governo negacionista. São necessários atenção e respeito às demandas da categoria”, ressalta Rosália.

Urgência – O senador Fabiano Contarato esteve presente no ato realizado em Brasília dia 5 de agosto. Na ocasião, o parlamentar reafirmou o compromisso com os enfermeiros e a importância da pressão para que o PL seja discutido. “Já passou da hora de nosso Projeto de Lei ser colocado em pauta e o Senado aprová-lo. A enfermagem tem pressa”, disse Contarato.

Apoio – Em pesquisa pública no portal do Senado, mais de 950 mil brasileiros votaram a favor do Projeto. Esse apoio se dá no momento da pandemia e a importância de trabalho digno e salário justo aos profissionais.

Valores – O PL 2.564/2020 estabelece carga de 30 horas semanais para os profissionais e fixa o salário base em R$ 7.315,00 para enfermeiros, R$ 5.120,00 para técnicos e R$ 3.657,00 para auxiliares e parteiros.

Mais – Acesse o site da CSP-Conlutas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui