Eusébio Pinto Neto, Luiz Arraes, Telma Cardia, Severino Pessoa e outras lideranças da categoria estão na Câmara dos Deputados, em Brasília, que pode votar duas Medidas Provisórias lesivas aos frentistas de todo o País.

Na Comissão de Desenvolvimento Econômico Indústria, Comércio e Serviços, vota-se o parecer do deputado Augusto Coutinho (Solidariedade-PE). Seu texto não referenda o Projeto de Lei 2.309/2019, de Vinícius Poit (Novo-SP), que tenta implantar o selfie-service. Muito pelo contrário: seu relatório é pra garantir os 500 mil empregos nos postos de combustíveis em todo o País.

Além disso, os dirigentes dialogam com deputados de vários partidos. “A defesa do emprego une todo o sindicalismo, do Oiapoque ao Chuí. Mesmo deputados mais conservadores estão nos apoiando, por entender que o drama do desemprego está num patamar insuportável”, afirma Eusébio, presidente da Federação Nacional da categoria (Fenepospetro).

CARTA – Enquanto ocorrem as articulações políticas, circula nas redes sociais a “CARTA” que chama para o Dia Nacional em Defesa do Emprego dos Frentistas. Será no dia 8 de dezembro (uma quarta-feira), em todo o País. O objetivo é de realizar uma grande manifestação em defesa dos 500 mil empregos.

Participe – Os frentistas precisam de apoio em defesa dos 500 mil empregos. Acesse os sites das entidades e saiba mais – Fenepospetro e Fepospetro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui