Entre os dias 21 e 24 de outubro, a CUT – Central Única dos Trabalhadores promove a 16ª Plenária Nacional – João Felício Kjeld Jakobsen. O evento, que será virtual, reunirá dirigentes de todo o País e tem o objetivo de definir e organizar a estratégia de luta da entidade.

Segundo a secretária-geral da CUT, Carmen Foro, a atual conjuntura do Brasil traz novos desafios, principalmente os impostos pela situação política e pela pandemia, que agravou a crise econômica e acentuou as desigualdades sociais.

“É um contexto adverso, uma realidade que nunca enfrentamos, que realizaremos nossa plenária”, adianta Carmen. A dirigente conta que a classe trabalhadora tem sofrido diversos ataques aos direitos e às liberdades. “O momento é delicado, mas de uma necessidade muito grande de se reorganizar e fazer o que a CUT sempre fez, que é lutar pra defender os trabalhadores”, afirma.

Compromisso – A Plenária também reforça os desafios já deliberados no 13º Congresso da Central, ocorrido em 2019. Carmen Foro reafirma: “Temos que manter a mobilização e a luta”.

Agenda – O evento da CUT será realizado de forma virtual. Ao todo, 950 delegados sindicais estão inscritos para participar dos debates. Confira abaixo agenda oficial.

Dia 20/10 – 19h – Abertura oficial
-Homenagem póstuma aos ex-presidentes da CUT João Felício, falecido em 2020, e Kjeld Jakobsen, falecido este ano.

Dia 21/10 – Abertura da sala virtual e credenciamento
– Apresentação do Regimento Interno e Conjuntura
– Conferência com Dilma Roussef e Celso Amorim

Dia 22/10 – Estratégia
-Painel com Rafael Freire (CSA) e Carmen Foro, com apresentação do texto-base
-Grupos de Trabalho para aprofundar debate sobre 3 Eixos e apresentação das Emendas
-Plenário para votação das Emendas
-Apresentação de Pesquisa sobre Trabalhadores em aplicativos

Dia 23/10 – Estratégia – Projeto Organizativo
– Pronunciamento do presidente da CUT, Sergio Nobre, e grupos de trabalho para aprofundar o debate, com apresentação das emendas.

Dia 24/10 – Apreciação das Emendas do Eixo 4
-Plano de Lutas, Moções e Encerramento

MAIS – Site da CUT.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui