8/10/2018 - O Brasil que a engenharia quer e pode construir - Murilo Pinheiro

8/10/2018 - segunda-feira


Murilo Pinheiro é presidente do Sindicato
dos Engenheiros no Estado de São Paulo.
E-mail:
presidencia@seesp.org.br

Representantes dos 18 Sindicatos filiados à Federação Nacional dos Engenheiros (FNE) reuniram-se em São Paulo para a realização do X Congresso Nacional dos Engenheiros (Conse), nos dias 13 e 14 de setembro. Durante o evento, esses profissionais debateram duas questões fundamentais para a entidade e para o País: a retomada do desenvolvimento e o fortalecimento do movimento sindical. Ao longo das excelentes palestras até a plenária final, desenhou-se uma proposta de reconstrução dos caminhos para o crescimento econômico, com geração de empregos, distribuição de renda, fortalecimento da indústria, aprimoramento da infraestrutura, garantia de saneamento básico e avanços na área energética, com a preservação dos interesses nacionais.

Destaque também para a necessidade premente de recuperar o sistema de ciência, tecnologia e inovação no País, hoje em frangalhos. Ainda na agenda do X Conse, a valorização do trabalho e a garantia de representação coletiva para que as entidades possam defender os profissionais.

Esse norte de mudanças necessárias integra as resoluções do nosso congresso e o programa de trabalho da nossa Federação, cuja diretoria para o triênio 2019-2022 foi eleita durante o evento. Tenho a honra de encabeçar a equipe que ficará à frente da nossa entidade neste período, com o compromisso firme de não medir esforços para defender os engenheiros e lutar para que tenham remuneração digna, condições de trabalho adequadas e reconhecimento de sua capacitação técnica.

As bases definidas nessa jornada da FNE também orientam nossa atuação junto à sociedade e aos poderes públicos. Sabemos que Brasil queremos – desenvolvido, justo, democrático e soberano –, e estamos dispostos a dar a nossa efetiva contribuição para concretizar esse projeto.

Realizado a menos de um mês das eleições gerais de 2018, o X Conse foi também um chamado à nossa responsabilidade como cidadãos pelo futuro do País. Superar a profunda crise econômica e política que já atravessa anos exige seriedade e compromisso com o interesse público por parte de todos.

O momento é de fortalecer a democracia, que, sem dúvida alguma, precisa estar no centro de todo e qualquer projeto.

Vamos juntos e com otimismo construir uma nação da qual nos orgulharemos.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home