Recado do dirigente - Reforma é atentado contra a CLT e Constituição

• 14/11/2017 - terça-feira

“A reforma trabalhista é um atentado contra o Direito do Trabalho, a CLT e a própria Constituição de 1988. A lógica da direita neoliberal é simples e cristalina: favorecer o patrão e precarizar a classe trabalhadora. E para alcançar esse objetivo, buscam enfraquecer o movimento sindical.”

Adilson Araújo - Presidente da CTB
(Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil)


Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home