Funcionários da Fundição Tupy, no ABC Paulista, protestam contra demissões

18/5/2017 - quinta-feira

Os trabalhadores da Fundição Tupy protestaram terça (16), em frente à fábrica, contra as 500 demissões ocorridas desde segunda na planta de Mauá, no ABC Paulista - o corte atinge 67% dos 750 funcionários. Os funcionários fizeram bloqueios na via de acesso à empresa e no acesso ao Rodoanel em Mauá, Região Metropolitana de SP.

Uma alternativa à demissão está sendo buscada pelo Sindicato dos Metalúrgicos de Santo André, que procura apoio da prefeitura local.


Metalúrgicos bloqueiam acessos à empresa

A Agência Sindical falou com o secretário-geral da entidade, Sivaldo Pereira (Espirro). “A Fundição Tupy sequer comunicou o Sindicato que haveria demissão em massa. É um total desrespeito com os trabalhadores”, denuncia.

BNDES - O dirigente conta que o Sindicato procurou a Tupy para tentar reverter as demissões, mas a empresa alegou que os funcionários da planta de Mauá têm benefícios maiores. O sindicalista contesta, lembrando que a Tupy recebeu recursos do BNDES e está montando filial no México.

Mais informações: www.metalurgicosantoandre.com.br

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home