Conheça a utilidade de máscaras durante a crise do coronavírus

• 25/3/2020 - quarta-feira

Com o aumento dos casos do novo coronavírus no Brasil, muitas pessoas estão utilizando máscaras cirúrgicas como medida de prevenção. Mas será mesmo que é recomendado?

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Ministério da Saúde, se você está saudável, não deve utilizar essa máscara. A utilização deve ser feita apenas se a pessoa estiver infectada, seja com o coronavírus ou com outra doença respiratória.

Resultado de imagem para máscaras coronavírus

De acordo com Ivan Marinho, infectologista do Hospital Leforte, em São Paulo, o uso da máscara só é justificado se for apresentado algum sintoma respiratório, pois isso evita que gotículas que venham de tosse ou espirro sejam espalhadas no ambiente.

Além disso, existem dois tipos de máscaras. A descartável, facilmente encontrada em farmácias; e o modelo N-95, utilizada por profissionais de saúde. Esses dois modelos são os recomendados para uso.

Improviso - O improviso, de acordo com infectologistas, não tem comprovação científica de pleno funcionamento para essa finalidade de proteção. Portanto, muito cuidado ao sair por aí com uma máscara caseira.
Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home