Sindicato reverte demissões de trabalhadores com deficiência no Rio de Janeiro

• 14/1/2020 - terça-feira

O Sindicato dos Trabalhadores nas Empresas de Energia do Rio de Janeiro e Região (Sintergia) reverteu nesta segunda (13) as 20 demissões de trabalhadores e trabalhadoras com deficiência da Light SESA.

Logo após o anúncio das demissões no último dia 8, os trabalhadores procuraram o Sintergia, que encaminhou um ofício à empresa para agendar uma reunião de emergência com a direção para pedir explicações e abrir as negociações.

No acordo firmado entre o sindicato e a Light nesta segunda (13), como legalmente é impossível a imediata recontratação dos trabalhadores demitidos, todos serão direcionados para curso de qualificação por 90 dias e, após esse período, serão recontratados em setores compatíveis com o curso realizado pela Light.

notice

Ficou definido também que durante a realização do curso, todos os trabalhadores continuarão recebendo o último salário e, ainda, os mesmos benefícios de quando contratados como ticket refeição, alimentação, vale transporte, plano de saúde e bolsas do Colégio 1º de Maio.

As demissões causaram estranheza ao sindicato e aos trabalhadores porque a Light assina anualmente um Acordo de Responsabilidade Social que prevê “a inserção dos trabalhadores com deficiência, baseado num programa de contratação voluntarista.”

Fonte: CUT.
Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home