Nova lei proíbe que estabelecimentos forneçam utensílios de plástico descartáveis

• 13/1/2020 - segunda-feira

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, sancionou na manhã desta segunda (13) uma Lei Municipal que proíbe que os estabelecimentos comerciais da Cidade forneçam utensílios de plástico aos clientes, como copos, garfos, facas, pratos, entre outros.

Agora, o comércio deverá se adequar à norma até janeiro de 2021. Quem descumprir, após este prazo, receberá uma multa, que pode variar entre R$ 1.000,00 a R$ 8.000,00.

Resultado de imagem para lei contra plástico

Os produtos de plástico deverão ser trocados por similares de material biodegradável, compostáveis ou reutilizáveis. Dentre os estabelecimentos proibidos de distribuir temos bares, padarias e restaurantes, além de hotéis, clubes noturnos e espaços para festas infantis.

Canudinhos - O prefeito Bruno Covas já havia sancionado, em junho de 2019, lei que proíbe o fornecimento de canudinhos na Cidade. A lei foi bem aceita e se estendeu ao Estado.

Fonte: G1.

Resultado de imagem para lei contra plástico
Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home