GM vai abrir PDV e remanejar funcionários na fábrica de São José dos Campos, SP

Informações são do Sindicato dos Metalúrgicos de São José. Entidade diz que empresa vai transferir 235 funcionários do setor de motores para outras áreas e abrir PDV voltado para aposentados. GM vai abrir PDV e remanejar funcionários na unidade de São José

A General Motors (GM) vai abrir um plano de demissão voluntária na fábrica de São José dos Campos (SP). A informação é do Sindicato dos Metalúrgicos que informou ainda que, além da medida, a empresa vai remanejar cerca de 200 trabalhadores do setor de motores para outras áreas da unidade. 

De acordo com a entidade, a medida é para a redução na produção no setor de motores da planta de São José, que hoje abriga 700 trabalhadores. Para o sindicato, a medida é reflexo da ampliação da unidade de Joinville (SC). 

Na reestruturação da empresa, 235 funcionários vão ser retirados da área, sendo que 165 vão passar para a produção da S10 e os demais remanejados para outros setores.

Além da medida, a empresa vai oferecer um PDV, que deve ser aberto a partir desta sexta-feira (1º). O sindicato informou que a medida é voltada para trabalhadores aposentados ou em fase de aposentadoria e não por excedente na produção. Os termos do pacote não foram divulgados. 

A entidade ainda afirmou que as medidas foram anunciadas em reuniões e que pediram em contrapartida garantia de emprego, mas que a empresa negou acordos desse tipo.

Em março deste ano, a multinacional anunciou investimento de R$ 10 bilhões em suas unidades no Brasil, incluindo a de São José dos Campos. Apesar do anúncio, a empresa não deu prazo ou metas para injeção de valores ou modelos na planta. 

Procurada, a GM informou que “há um remanejamento de mão de obra em curso dentro do complexo de São José dos Campos para adequar as necessidades entre as diversas unidades de produção”. 

Fonte: Auto Esporte

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home