Metalúrgicos de Guarulhos pressionam e garantem homologações no Sindicato

• 8/10/2019 - terça-feira

O Sindicato dos Metalúrgicos de Guarulhos e Região negociou e garantiu direitos aos trabalhadores da Zinni & Guell, indústria de autopeças. Irregularidades praticadas pela empresa como banco de horas e homologações, foram corrigidas.


Diretores Fala Mansa, Cabeça, Tieta e Nildo conduzem assembleia na empresa Zinni & Guell em Guarulhos

Além disso, foi definida a Participação nos Lucros e/ou Resultados (PLR), com aumento para todos. Assembleia na empresa aconteceu nesta terça (8).

O vice-presidente do Sindicato, Josinaldo José de Barros (Cabeça), comenta: “Foi muito importante em toda a negociação a união dos funcionários com nossa entidade. Superamos todas as barreiras”.

A direção da empresa aplicava banco de horas sem anuência de seus funcionários em assembleia. O mesmo ocorria com as homologações, que não eram feitas no Sindicato, mas na empresa ou em câmeras arbitrárias. A partir de agora, direitos dos companheiros em verbas rescisórias serão definidos na entidade.

PLR - A Participação nos Lucros também estava irregular. A empresa pagou a primeira parcela no início de outubro, com o mesmo valor do ano passado e sem aprovação em assembleia. Porém, o Sindicato conquistou hoje PLR maior. A segunda parcela está prevista para março.

Também foi aprovada durante a assembleia a taxa de custeio sindical dos metalúrgicos que não são sócios do Sindicato.
Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home