Funcionários dos Correios iniciam greve nacional a partir de terça (10)

• 6/9/2019 - sexta-feira

Trabalhadores dos Correios podem entrar em greve nacional a partir de terça (10), por tempo indeterminado. A paralisação é uma resposta à iniciativa do governo e da ECT (Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos) de privatizar o sistema e cortar direitos da categoria.

Secretário-geral da Fentect - Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares, José Rivaldo da Silva, comenta o desmonte em andamento dos Correios, com a clara intenção de entregá-la ao capital estrangeiro.


Trabalhadores lutam contra a privatização do sistema e a retirada de direitos

Ele conta: “O governo quer baratear a empresa para facilitar a venda. Por isso, definimos pela greve geral para enfrentar o governo Bolsonaro e construir a resistência”.

O movimento paredista também é um protesto à postura da empresa de tentar rebaixar salários e retirar benefícios.  

Negociação - Quarta-feira (4), o vice-presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), ministro Renato de Lacerda Paiva, encerrou a mediação entre as partes sobre o acordo coletivo de trabalho, que tem data-base em 1º de agosto. A discussão já se arrastava por mais de 60 dias. O impasse incluía, entre outros itens, reajustes salariais e a manutenção dos benefícios dos trabalhadores.

Direitos - À Agência Sindical, Elias Cesário, o Diviza, presidente do Sindicato dos Trabalhadores dos Correios de São Paulo (Sintect-SP), conta que a única proposta apresentada pela empresa inclui a retirada de 18 artigos do acordo coletivo. “Querem acabar com direitos históricos e avançar na privatização. Numa situação política tão adversa, a resposta só pode ser a luta unificada”, afirma Diviza.

Terça (10), os trabalhadores voltam a se reunir em assembleias pelo Brasil para aprovar e iniciar a paralisação das atividades a partir das 22h.

Mais – Acesse o sites da Findect (https://findect.org.br) e da Fentect­­­­­­­ (http://www.fentect.org.br) e saiba

 

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home