• 13/8/2019 - Fazer tudo que o mestre mandar - Oswaldo Augusto de Barros

• 13/8/2019 - terça-feira


Oswaldo Augusto de Barros
é professor, presidente da CNTEEC
(Confederação Nacional dos Trabalhadores
em Estabelecimentos de Educação e Cultura)
e coordenador do FST (Fórum Sindical
dos Trabalhadores).
E-mail:
barros2002@terra.com.br

Ao ler a fala de Major Olímpio: "É cada um se adaptar ao estilo do chefe. ELE sabe quem está chocando."

Ficam algumas indagações: 1- Tudo que ele fala é consciente? 2- O que tem falado é a essência do seu pensamento? 3- O que pensa e fala é o melhor de seu preparo diplomático? 4- Ou é cópia piorada daqueles que não sabem para que vieram?

O Brasil tem que deixar de ser laboratório de ideologias e principalmente de Capital especulativo, quer de esquerda ou de direita. Nossa autonomia está na força de trabalho de nosso povo.

Ao contrário do que fala o Ministro da Economia, o Sindicalismo Brasileiro negocia à exaustão para construir uma Convenção Coletiva de Trabalho ou um Acordo Coletivo de Trabalho, que dá a necessária segurança jurídica ao Capital e ao Trabalho. Com total independência, sindicatos de Empregados e sindicatos de Empregadores dialogam suas diferenças. Tenta enganar aos que o ouvem que sindicatos são nazistas.

Pensei que as comparações da presidente Dilma eram imbatíveis, hoje, em prazo recorde, fico certo que ela tem forte concorrente.

O "Cocozinho"de um índio"  provavelmente não pare a construção de uma estrada, mas, o de muitos Chefes de Estado ceifaram vidas, por não conseguirem unir seus Países. Ser autoritário não une um povo, basta ter Autoridade.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home