Líder Frentista abre série de TV com sindicalistas nordestinos

• 6/8/2019 - terça-feira

O presidente do Sinpospetro Campinas, Francisco Soares de Souza, é o entrevistado do Repórter Sindical desta quarta (7), Ele nasceu em Angicos, Rio Grande do Norte, tem 78 anos e reside em Campinas há 28.


Francisco Soares de Souza é presidente do Sinpospetro Campinas
 
Sua atividade no movimento sindical ocorreu há mais de 60 anos, quando se filiou ao Sindicato dos Minérios de Areia Branca, na sua terra natal. Souza foi preso pela ditadura militar, o que provocou seu exílio na Colômbia.
 
O Sinpospetro Campinas foi fundado em 1992, representa mais de cinco mil trabalhadores de 24 cidades. Congrega ainda quatro subsedes, em Indaiatuba, Mogi Guaçu, Mogi Mirim e Limeira.
 
Paraíbas  - Chico Frentista  inaugura a série de quatro programas com dirigentes de origem nordestina. O objetivo, segundo o apresentador João Franzin (coordenador da Agência Sindical) é mostrar a contribuição dos sindicalistas migrantes para o sindicalismo e o desenvolvimento nacional.
 
Programas - Franzin comenta: “O líder sindical mais popular da história brasileira é um pernambucano, um pau de arara que chegou à Presidência da República e se saiu muito bem. No meu Sindicato, o dos Jornalistas do Estado de São Paulo, o grande dirigente foi o alagoano Audálio Dantas”.
 
A série de programas não deixa de ser, também, uma forma de responder a recente comentário preconceituoso do presidente Jair Bolsonaro, ao chamar de “paraíbas” os governantes e governados do Nordeste, onde ele teve votação baixa e sua cotação cai a cada pesquisa.
 
Assista - O Repórter Sindical na Web vai ao ar toda quarta, das 16h30 às 17h30, na TV Agência Sindical, e das 17 às 18 horas, na TV Guarulhos (Canal 3 da NET e 508 da Vivo Fibra HD). O programa também é transmitido na Rádio Web Agência Sindical.
 
Mídias - O programa  ainda pode ser acessado por smartphone ou Smart TV. Assista, posteriormente, no canal da Agência Sindical no YouTube.
 
Agosto - Os programas do mês de agosto entrevistarão sindicalistas de origem nordestina.
Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home