• 6/5/2019 - Força e união marcam o 1º de Maio - Luiz Carlos Motta

• 6/5/2019 - segunda-feira

Luiz Carlos Motta é presidente da Federação
dos Comerciários do Estado de São Paulo
(Fecomerciários) e deputado federal (PR/SP).

Ao agradecer a Agência Sindical pela concessão desse importante espaço, destaco que a estrutura comerciária paulista organizou um 1º de Maio de resistência à perda de direitos trabalhistas e previdenciários juntamente com uma extensa programação de entretenimento.

Foi importante a realização destas confraternizações porque, além de reafirmarem as nossas bandeiras de luta, elas mostraram a importância dos Sindicatos na vida dos trabalhadores e suas famílias. Também serviram para coleta de assinaturas ao abaixo-assinado contra a reforma da Previdência.

O que se viu neste Dia do Trabalho nas sedes, subsedes, nos clubes de campo dos nossos Sindicatos filiados, ou em atos de rua, foi uma demonstração de força e união do sindicalismo comerciário paulista contra a reforma previdenciária proposta pelo governo.

Com a mesma intensidade combateu o fim da política de valorização do salário mínimo e explicitou as ofensivas governamentais ao movimento sindical, como a Medida Provisória (MP) 873 que dificulta os recolhimentos das contribuições sindicais.

Avaré

Neste Dia do Trabalho os comerciários puderam participar de cafés da manhã e almoços, acompanhar Missas, concorrer a sorteios, como diárias nos Centros de Lazer da Federação em Praia Grande e Avaré, com Parque Aquático incluso, competir em provas esportivas, assistir a shows e contar com serviços voltados à saúde, beleza e cultura, entre outros, como consulta sobre tempo para a aposentadoria.

Em comemoração à data, a diretoria da Federação também presenteou os comerciários sindicalizados e seus dependentes com um dia inteiramente grátis em seu Parque Aquático, instalado no Centro de Lazer na Estância Turística de Avaré, onde, na própria quarta-feira, compareceram cerca de 1.300 pessoas.

Estive lá e, assim como na mensagem de vídeo gravada por mim e enviada aos sindicatos filiados, pude manifestar à categoria comerciária um Dia do Trabalho de luta e de momentos de diversão.

Nossos trabalhadores e trabalhadoras merecem!
Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home