Cadastre-se em nossa lista:

Enquete

Melhor forma de combater as reformas neoliberais:
  • Pressão nas ruas e negociação com governo
  • Paralisações das categorias profissionais
  • Greve geral, incluindo os movimentos sociais
Parciais

OPINIÃO

Semana metalúrgica

O fato sindical desta semana está programado para a quinta. Dia 29 vai acontecer paralisação nacional dos metalúrgicos.

A iniciativa, a partir de encontro chamado pela CNTM-Força Sindical, dia 8 de agosto, deve mobilizar amplos setores da categoria.

Além da CNTM, forcista, o movimento tem apoio de entidades ligadas à CUT, CTB, CSP-Conlutas e UGT.

Sem desconsiderar a importância das ações unitárias das Centrais, o ato metalúrgico da quinta coloca efetivamente, dentro de uma categoria de proa, a resistência às reformas neoliberais de Temer, especialmente a trabalhista e a previdenciária.

Todo apoio aos metalúrgicos! 

26 de setembro de 2016

Nossos trabalhos


Publicação do Sindicato dos Trabalhadores em Transporte de Valores e Escolta Armada de SP. Produção: Agência Sindical. Clique aqui e veja outros materiais.

Imagem da semana


Foto: Ricardo Stuckert

Lula no meio do povo


Abraçado, agarrado, beijado. As cenas em Barbalha, no Cariri (CE), são inequívocas quanto à mística de Lula entre o povo pobre nordestino.

Semelhante a isso, só Arraes no sertão pernambucano ou Padre Cícero, nos verdes anos.

Onde a grande mídia não chega, e contamina o ambiente, Lula segue forte, mítico e heroico.

E rumo a 2018, claro!


Vídeo da semana


Presidente dos Médicos defende SUS

O presidente do Sindicato dos Médicos de São Paulo (Simesp), Eder Gatti Fernandes, fala sobre princípios do SUS, como integralidade, equidade e o controle social. Para Gatti, o SUS é referência mundial, porém, sofre com problemas de gestão.   
 

Login - Clientes

Lembrar senha